terça-feira, 20 de maio de 2008

Deusa de mim


Sonhei. Escalei as indomáveis barreiras da vida e sonhei! Palavras, sonhos e sentidos embebecidos num olhar apaixonado invadiram-me, percorreram sem autorização as veias que me formam. Sentimentos angelicais estes que revolveram-me as vísceras!

E assim senti-me Deusa de mim! E assim um anjo soprou-me ao ouvido e disse-me as mais belas das palavras, palavras que não conseguirei mais reproduzir. [o Belo em si]


E assim fui Deusa de mim.

Tive a ousadia de o querer ser uma vez mais [toliçe], uma vez e mais outra, tantas quantas fossem possíveis, tantas que me fizessem desejar não o ter sido...sim, porque a queda é grande demais para suportar! Aquilo que me tornou Deusa, matou-me! O tempo parou e a vida, ai...essa, percorreu-me mas não me permitiu mais percorrê-la mais...Vivi em função de ser Deusa e...afinal, nunca o fui.

29 comentários:

Henrique disse...

Serei eu Deus um dia? Tomare que não! Sei que nada Sei...

_(without) fєєℓιиgѕ_ disse...

Amei o texto *.*

MR. HEAVY disse...

bonito.... beijinho!

Loucura disse...

É bom, ser Deus!=D

Vieira Calado disse...

Oh, amiga!
Com essa idade tudo é de esperar!
É preciso é uma certa paciência... e uma certa ciência...
Quanto ao seu interesse no meu livro, se quiser aproveitar a promoção...
É «Transparências» + «Arabescos»,
saído há pouco tempo, por 5 euros.
Não tenho exemplares suficientes para as livrarias.
Pode pedir por mail, se preferir.
Bjs

Fontez disse...

vim ter aqui a este canto...
e gostei imenso do que li.

palavras que gritam...
palavras que sentem...
palavras que vivem a tristeza e alegria...humildade...!

de onde vêm tais palavras? nao sei!
mas a fonte que brota...é mais Hapiness do que (un)...!
:)

abraço.
voltarei, concerteza, mais vezes.

Rosi Gouvea disse...

Agora estou aqui a magicar... Para onde vão as bolas de sabão? Sobem, sobem e desfazem-se em sorrisos?

Aprecio demais suas visitas...

Beijos doces

Os_meus_rabiscos disse...

Gostei... Sem o sonho que seria a nossa vida? Nos nossos sonhos podemos ser tudo o que quisermos, deuses, diabos, ou apenas nós.

vero disse...

Gostei de te ler... :)
Beijinhos***

Margarete da Silva disse...

e é sempre bom cá voltar, dar-te um abraço e fazer de ti uma deusa da escrita.

Madamefala disse...

Aquilo que me tornou Deusa, matou-me!


Lindo,adorei!!!!!!!!!!
bjinhos!

Português Suave disse...

Porque não continuares a ser a Deusa de ti própria? Não creio ser crime internacional achares-te assim. Se ninguém te (nos) leva a sentir como tal, porque não agirmos em prol disso?
Tu és Deusa de ti própria, dentro da tua definição pessoal (:
Um beijinho

Claudia disse...

demais :$

Å®t Øf £övë disse...

(Un)Hapiness,
Abordas aqui um tema muito interessante, e que eu concordo inteiramente contigo. Por vezes as pessoas elevam o patamar da sua existência tão acima da realidade, que quando a ela têm de voltar, sentem que o abismo é tão grande que se torna insuportável viver.
Bjs.

bruxinha disse...

Sempre que aqui venho fico com um nó na garganta e o coração apertado com as palavras que leio...Tal como hoje. Perfeito:)*

maudlin disse...

mania de querermos sempre mais..."toliçe" :')


tão bonito.aqueceste-me o coração.um beijinho*

Mariz disse...

Salvé!
Não existe um pouco de contradição do que se lê no seu perfil sobre os seus "Interesses" e a seguir o que se lê acerca desta deusa?...que afinal conclui que nunca o fora?
Se sentiu sê-la, foi, de certo.Sonhou-a? Então o sonho não é o alimento do querer, da vontade?
Pense melhor...
Sinta melhor ainda...
Espelhe-se e aí verá como deve ser uma deusa a valer!

Um abraço
Mariz

ESPAVO! - como em MU

Carla disse...

acho que foste...nem que por um instante apenas, senão nunca terias conseguido criar algo tão belo
beijos amiga

Aninha's disse...

Amei tanto tens a tanto geito para lidar com as palvras :)

beijinhos

maudlin disse...

eu sou de penafiel. estou é a estudar em coimbra :)

Carlos disse...

...nem que por um instante deixa a Deusa em ti inebriar-te em esperança.....e o anjo da paixão acordará.... em ti.


beijito

EDUARDO disse...

Não pude faltar por aqui amiga! Adorei o paladar das tuas palavras!
Beijão!

PARADOXOS

maudlin disse...

perto? :)

lalisca.cs-life disse...

Em alguma altura das nossas vidas sentimo-nos deusas, mas depois, depois como dizes é a queda, e ficam as recordações de quando fomos Deusas...unicas!!

beijinhos...adorei ler.

maudlin disse...

o mundo é mesmo uma "ervilhinha" :)

beijinho* vou passando

Francis disse...

Somos todos Deuses.
Deus não existiria, ou não faria sentido, se não houvesse os humanos, logo todos somos um fragmento dos Deuses.
À tua medida és uma Deusa.
1 beijo.

Paula disse...

Sentimentos profundos!
Palavras com sentido!

Lindo blog

Abraço

Mel disse...

não deixes de sonhar e permanecerás a ser a tua própria deusa :)

bem, eu adoro os teus textos *.*
desculpa a invasão mas é mesmo difícil sair do teu blog :D

Å®t Øf £övë disse...

(Un)Hapiness,
Deixo-te um beijinho de bom domingo.