sexta-feira, 9 de maio de 2008

O meu dia

O dia é-me importante e eu percorro a noite acordada. A ânsia da chegada, da sua chegada, a ânsia de não morrer antes do amanhã…a minha demanda de sentido!
Quero acordar a sorrir [não, não me quero lembrar de ti amanhã…desculpa, o dia é meu!], quero acordar feliz [como nunca], quero acordar e pensar que Tenho. O dia é meu…

…Sou quem sempre quis ser, ou melhor, nunca quis ser alguém que não eu. Tenho-vos a vós, família à minha espera…entro naquela porta, enorme, robusta…e vejo-o ao fundo. Encho-me de sorrisos bernardos, estou solta, pinto de branco a paisagem da minha vida. Sou dona do mundo, olho como quem pode olhar o mundo. Toco-te como quem encosta os lábios, como quem beija a primeira vez...Arrepia-me a pele enquanto entro, entro porque sou a rainha de hoje. Tu estás aí e olhas-me. Não desvio o olhar. Sinto que me beijas…à distância…beijas-me enquanto conheces todos os cantos da minha boca [eu deixo]. Conduzo-te até mim. Vem…percorre o caminho que nos separa, percorre-o como quem sobe um rio, e chega até mim. Vem e percorre-me o corpo…Hoje quero. Tu és a minha margem…eu serei o teu rio! Só eu sei quando te alcançar…a força é minha, tu és meu, eu sou dona do mundo! Dialogamos. Não proferimos palavras…as nossas mentes mergulham uma na outra.

As horas passam. A noite contínua a ser. Amanhã será o dia…o meu…
A família não está…a família não é família, é antes um conjunto de pessoas que não se conhecem.
Tu, meu amor, tu não existes.
Eu, eu não sou quem quis ser, não sou feliz, não faço sorrisos bernardos…
O dia sim, é-me importante…mas é de choros, não de risos.

Eu vou...e vou chorar. Porque me lembro de ti, de ti e de nós, porque me lembro de MIM e do meu DIA.

- “não posso ir”
- "eu sei"

18 comentários:

MR. HEAVY disse...

aproveita bem o teu dia...

Rosi Gouvea disse...

"Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho."

Carlos Drummond de Andrade

Mais uma vez, encanto-me na sua presença...

Beijos doces

Inezinha disse...

fizeste-me arrepiar :$
gosh que texto maravilhoso!

_(without) fєєℓιиgѕ_ disse...

que texto fantástico :$

gota de água disse...

Adoro todos os teus textos. Deixo-me levar por eles e chego a sentir o que eles transmitem. Ler é isto...
um beijinhos...

Português Suave disse...

E é feito de arrepios, cada linha do teu discurso.
Beijo

Martim disse...

como é alguém consegue dizer coisas tâo sentidas???como é que alguem pode gostar tanto de algo ou alguem e fazê-lo com tanta paixao e devoçao???

O dia é teu e sempre o será...

beijo*

Jorge Cardoso disse...

As horas passam. A noite contínua a ser. Amanhã será o dia…o meu...

nem sempre os caminhos percorrem os rios onde preferimos desaguar as nossa águas, mas porque não conseguimos ostentar sempre o mesmo brilho, vamos-nos refrescando em cada gota que pinta uma palavra onde a frase já complete nos diz onde fica a proxima jornada, o próximo dia...

o texto está fantástico parbéns!

beijinho com carinho...

Margarete da Silva disse...

O dia é teu e eu não sei o que fazer, encosto-me a ti e deixo-te adormecer.

Saudade menina *

Beijo em ti*

Templo do Giraldo disse...

http://templodogiraldo.blogspot.com/


Passem por aqui.


SAUDAÇÕES.

bruxinha disse...

Gostava de conseguir transmitir por palavras o quanto gostei do teu texto. Não o consigo fazer. Parecer-me-ia sempre insuficiente. Fiquei como que sem palavras. Fantástico!*

AcidoCloridrix disse...

1º Aniversário do Sexo com Arte e Humor, 13 de Maio de 2008,,,, aqui fica o CONVITE para a “festa”, o “bolo” e o “Presente” virtual solicitado!!!!
Agradecido também pela colaboração prestada em visitas e comentários ao longo deste ano, sem blogueiros como tu seria impossível comemorar agora este 1º ano,,,, OBRIGADO!!!!! HCL
(http://sexohumorprazer.blogspot.com/)

Carlos disse...

Olá,

Não chores...embora por vezes as lágrimas são adubo para a nossa colheita....
O teu dia é o teu DIA.
deleito-me nos teus escritos , na tua paixão onde as palavras são solfejos.....


beijo

Vieira Calado disse...

Bom dia!
Deixo-lhe um beijinho.

Carla disse...

sei que as lágrimas são parte dos nossos dias...mas quando puderes troca-as por sorrisos
beijos

Francis disse...

O teu texto é uma passagem de ti.
Há tanto de nós quando escrevemos, não é?
E tu escreves tão bem, faze-lo de uma forma que consegues contagiar quem te lê.
Adorei. Uma vez mais foi muito bom sentir a tua escrita, sentir-te de forma a transportar-me para o teu mundo.
Parabéns!
Beijinho.

Å®t Øf £övë disse...

(Un)Hapiness,
É bom termos dias e momentos que recordemos como tendo sido só nossos, e dos quais seja possível guardar recordações de gestos e palavras únicas.
Bjo.

Mel disse...

sem palavras :o
parece que passamos para um mundo à parte, sonhamos com algo e quando o dia chega, nada daquilo que pretendemos está lá: a família ausente, um amor inexistente... ou que nos deixou.

é um prazer ler estes textos :) preenchem-nos sempre um vazio que não chegamos a entender que vazio é.