quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Fuga de Mim



Esta noite...
Fria, chorosa e sem cor...
fez-me pensar.
Envolvi-me nos pensamentos que me prendem a este mundo, e num âpice levantei-me e olhei o espelho. Pensei, de quem seria este corpo que carrego?
Olho-o, vejo-o, toco-lhe, mas não o sinto.
Fecho os olhos. Sento-me e percorro o mundo...vejo pessoas, lugares, vejo mundos...
Penso no porquê de não estar ali...Se Eles são como eu, se (não) querem o mesmo que eu, porque nasci aqui? Quero voltar a casa!
Percorro mais um pouco. Lá fora contínua o choro da noite. Atendo ao coração porque te ouço. Não te queria atender, mas não consigo...Continuo de olhos fechados.
Ouço, não te escuto. Perguntas se sim, digo-te que sim. Não sei do que falas.
Ouço-o ao fundo. A mente desperta.
O coração dói.
O céu chora, chora, chora.
Cái-me um pedaço de mim. Alma aflita a minha.
Os olhos não conseguem mais viajar...
Abrem-se os olhos.
Voltei ao mundo que não é meu, à luz escura da minha vida.


11 comentários:

**Suspiro** disse...

Abrem-se os olhos, fecha-se o coração. Porque antes do amor e depois do amor, está o amor. e entre o amor há cada vez mai amor a que tentamos escapar. Fugindo. Agindo.

No entanto, aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.

Mrs C disse...

Mrs C lê, relê e se pergunta: estariam vigiando seus sentimentos?

vive eternamente tal fuga.
procura o caminho de casa, mas não tem certeza se quer realmente voltar.
Talvez seja só força do hábito.
Boa semana.

anjodeluz disse...

Uma estrela de um anjodeluz...*

Luis Martino disse...

Volto enquanto me doer cada lagrima que sangrei!
Verás, se o Acaso quizer muito mais borrões da minha alma perdida!

obrigado


baccio

AcidoCloridrix disse...

Além de escreveres esplendorosamente,,,, és uma filósofa nata,,, parabens,,, HCL

linfoma_a-escrota disse...

the grave is the door to your rebirth,now you surrender, dont try to keep it, surrender your sex, your bones, you no longer want to possess, possession is an empty hearth open to receive, your new body wishes the universal, you will be your own perfection, you are the others, the essence, look at the flower for the first time...

www.chupa-mas.blogspot.com

O Profeta disse...

Para ti que me visitaste
Ao longo destes poucos meses
Ofereço-te uma prenda singela
Uma estrela de mil cores

Roubei-a ao firmamento
Deposito-a na tua mão
Para que neste Natal
Te ilumine o coração

Um Santo e Mágico Natal


Doce beijo

Å®t Øf £övë disse...

Todos nós passamos por momentos em que nos apetece fugir de nós mesmos, mas eu questiono-me se será bom fazê-lo. Talvez o melhor seja termos sempre a capacidade de encararmos a nossa realidade, e seguirmos com a vida em frente.
Bjs.

happiness...moreorless disse...

Passei por aqui para te desejar um Óptimo Natal!
Entra com o pé direito no ano 2008 =)

beijinhoooo*

Sara disse...

Não posso ficar indiferente ao sentimento que as tuas palavras transmitem. Tanta mágoa e tristeza... :( Sei que há sempre algo que nos faz feliz e espero que encontres esse algo.
Deixo aqui, também,o desejo de um feliz Natal. :)
Beijinhos

Rosélia disse...

Momentos...


q mais posso dizer??


bons ou maus...imporantes sempre...


n precisas de saber qem és...


basta saber o q sentes...


gosto da maneira cmo escreves...mas tenta ver a felicidade nas lágrimas...


fica bem...