terça-feira, 7 de abril de 2009

"and from your lips she drew the hallelujah..."


Um dia tudo se vai resolver. Nesse dia voltarei a saber quem sou. Até lá fujo...fujo de vós, viro-vos as costas mostrando um sorriso nos lábios. Não vos quero preocupar. Já não sei escrever, já não sei dizer o que sinto. Não me conheço. Digo que te amo. Mas será que me amo?


Tu vives em mim. Isso eu sei. Vives porque me pões louca. Porque me fazes doer o estômago. Tenho escrito, vezes sem conta, para ti, mas tu não sabes. Um dia mostrar-te-ei, talvez...um dia verás tudo o que eu escrevo para ti, para nós, por nós.


Amor, não vivo mais neste corpo. Ele comanda-me, de tal forma que deixei que me beijassem. Mas não sei como foi porque chorei por dentro. Chorei quando abri os olhos e não te vi. Desde então tenho fugido mais, mais, mais. Sinto nojo de mim. Traí o meu amor por ti.

Já não me conheço...


Tenho saudades de ti e de mim quando te tinha. Saudades dos nossos beijos, de fazer amor contigo, de dizer "amo-te" e sorrirmos um para o outro durante muito tempo. Isto amor, porque ficar contigo era ver as horas a passar. Não precisavamos trocar palavras ternas. O momento já o era. Meu amor, não preciso rir para ser feliz, basta ter-te. Mas ter-te leva-me a sorrir sempre.


No final da noite era tão bom fechar os olhos e saber...que te tinha...


És o meu amor perfeito. Amo as tuas imperfeições. Mas, hoje, ficam apenas as imagens. Aquelas que falam por si quando as palavras teimam em se calar. Hoje, ficam as memórias. Daquilo que foi e que vivemos.


Well maybe there's a god above

but all I've ever learned from love

was how to shoot somebody who outdrew you

And it's not a cry that you hear at night

it's not somebody who's seen the light

it's a cold and it's a broken hallelujah


2 comentários:

Gaara disse...

meh.. isto deixa qq um triste.
(eu ja' ficava contente com trab em part time)

nOgS disse...

when everything is hallellujah!